O seu site em WordPress é lento? Conheça 6 importantes melhorias!

Um site lento tem várias consequências negativas, nomeadamente:

  1. Experiência de utilizador: A velocidade do site tem um impacto significativo na experiência do utilizador. Se o seu site WordPress demorar muito a carregar, os visitantes poderão ficar frustrados e abandonar a página, resultando em perda de tráfego e possíveis clientes.
  2. SEO: A velocidade do site é um dos fatores de classificação do Google, e um site WordPress lento pode prejudicar seu posicionamento nos resultados de pesquisa.
  3. Conversões e vendas: A velocidade do site também afeta as conversões e vendas. Se o site WordPress for lento, os visitantes podem abandonar o carrinho de compras ou desistir do preenchimento de um formulário, o que pode resultar em perda de conversões e vendas.

Para garantir que o seu site WordPress seja rápido, é importante escolher um alojamento de alta qualidade, otimizar as imagens e eliminar recursos desnecessários. Em segundo plano, é importante limitar o uso de plugins aos essenciais e mais leves, bem como otimizar a base de dados do WordPress para melhorar o desempenho.

O que é que pode ser feito?

Existem vários possíveis pontos de melhoria, cada caso é um caso. No entanto, a solução em WordPress passa muitas vezes por fazer bem os seguintes pontos:

  • Otimização de imagens

    As imagens são geralmente os recursos mais pesados no carregamento de um site. Representam tipicamente mais de 80% do que é descarregado para que o site possa ser mostrado.

    De forma a minimizar este problemas, devem ser utilizados formatos eficientes (WebP preferencialmente) e estas devem estar devidamente dimensionadas para o local onde estão colocadas.

  • Remoção de recursos inutilizados

    Nem tudo precisa de ser carregado em todas as páginas. Deve ser feita uma gestão inteligente do que tem e não tem de ser carregado, dependendo da página.

    Desta forma, poupa não só recursos do seu servidor mas também da máquina do visitante, que se estiver a aceder através de um telemóvel, provavelmente não terá grande capacidade de processamento.

  • Cache eficiente e inteligente

    Se duas pessoas estiverem a procurar pelo mesmo produto, com dois minutos de diferença, é desnecessário o seu servidor processar esse pedido duas vezes. Pode simplesmente responder à segunda o mesmo que respondeu à primeira, uma vez que nada mudou entretanto.

    Esta é a função do caching. Isto reduz imenso o tempo de carregamento e a necessidade de processamento do seu servidor, permitindo que ele esteja livre para funções mais críticas.

  • Upgrade do alojamento

    Por vezes o site está simplesmente num alojamento demasiadamente sobrecarregado e por esse motivo tem tempos de resposta muito elevados… todos os pedidos que são feitos a ele vão para uma longa lista de espera.

    Não é o caso de todos os clientes felizmente, mas é algo que deve ser tido em atenção.

  • Redução de plug-ins

    Sem dúvida a capacidade de personalização através de temas e plug-ins é um dos pontos fortes do WordPress. Mas com o acumular, à medida que vão sendo instalados para cada caso de uso do seu site, vão começando a pesar na performance do seu site.

    Experimente limitar ao mínimo que conseguir o número de plug-ins no seu website. Veja que impacto é que isso tem na performance geral do seu site WordPress.

  • Manutenções e atualizações regulares

    Deve ser utilizada, se possível, a versão mais recente do PHP e distribuição da plataforma WordPress, tal como dos seus plug-ins e temas.

    Este é um aspeto importante não só por questões de performance mas também de segurança.

    Muitas vezes esta atualização tem impactos gerais que impedem a sua realização.

Antes e depois

TNews – GT Metrix – Antes

TNews - Page Speed - Antes

TNews – GT Metrix – Depois

TNews - Page Speed - Depois

iMuda – Google PageSpeed – Antes

iMuda - Google PageSpeed - Antes

iMuda – Google PageSpeed – Depois

iMuda - Google PageSpeed - Depois

Academia Cerebral – GT Metrix – Antes

Academia Cerebral - GT Metrix - Antes

Academia Cerebral – GT Metrix – Depois

Academia Cerebral - GT Metrix - Depois

Pode ver muitos mais casos de sucesso no nosso portefólio. Sinta-se à vontade para conhecer os sites dos nossos clientes e validar por si mesmo o impacto do nosso trabalho.

Conseguem ajudar?

Sabemos que algumas destas soluções são exigentes e requerem alguma experiência para implementar. Como provavelmente já se apercebeu, não existe nenhuma solução out-of-the-box, caso contrário este não seria um problema tão habitual.

Deixe o mais difícil para nós.

Entre em contacto connosco e ouça a nossa proposta.

Pronto para dar um passo na direção de uma melhor experiência de utilizador, melhor SEO e uma maior taxa de conversão?

Perguntas frequentes

Por padrão, não. O serviço é prestado uma vez e será essa a única avença.

Aliás, são vários os exemplos de clientes que depois de recorrerem a este serviço optam por baixar o plano de alojamento.

Se o seu site WordPress estiver rápido e bem otimizado, provavelmente não precisará de um plano de alojamento exigente e com custos recorrentes elevados.

Tipicamente, apenas de uma conta de administrador temporária no site em questão. Depois de terminado o serviço, pode ser removida.

Será mais fácil se nos fornecer o acesso ao painel de controlo do alojamento (cPanel/Plesk), mas não é obrigatório.

Temos como prioridade a segurança e continuidade de negócio dos nossos clientes.

Sim. Dependendo dos casos, o alojamento poderá ter muito ou pouco impacto.

No que toca ao Google Pagespeed e GT Metrix,  a mudança de alojamento terá um impacto muito reduzido, há outros fatores muito mais importantes.

No back-office (edição de produtos, artigos e páginas), a velocidade do alojamento tem uma influência muito grande.